Ergonomia: a ciência do conforto - AmbientecAmbientec
CANAL DE CONTEÚDO

    Ergonomia: a ciência do conforto

    Estudo da relação entre o homem e o seu ambiente laboral (trabalho) garante melhores condições de conforto e oferece métodos de prevenção de acidentes.
    18/08/2016

    A má postura e as lesões por esforços repetitivos, ao logo do tempo, causam diversos males que prejudicam e comprometem a saúde do trabalhador, impossibilitando, muitas vezes, que esse indivíduo permaneça executando a mesma função, em decorrência, por exemplo, de uma deficiência motora desenvolvida.

     

    As condições gerais de trabalho, considerando, a iluminação, o nível de ruídos e a temperatura, são os principais causadores dos problemas que afetam diretamente a saúde dos funcionários de uma empresa. Assim, a ergonomia contribui para evitar que essas enfermidades ocorram, tendo como consequência um trabalho mais humanizado e melhora na produtividade.

     

    192

     

    Ergonomia também nos serve como um alerta para a importância de se considerar além das máquinas e equipamentos utilizados nos processos, mas sim, todavia a situação em que ocorre o relacionamento entre o homem e o seu trabalho. Ou seja, não apenas o ambiente físico, mas também os aspectos organizacionais de como esse trabalho é programado e controlado para produzir os resultados desejados.

     

    A Norma Reguladora do Ministério do Trabalho relativa à Ergonomia – NR-17, relata que a organização do trabalho deve ser adequada às características psicofisiológicas dos trabalhadores e à natureza do trabalho a ser executado. Para efeito desta NR, deve levar em consideração, impreterivelmente: as normas de produção; o modo operatório; a exigência de tempo; a determinação do conteúdo de tempo; o ritmo de trabalho e o conteúdo das tarefas.

     

    A análise ergonômica do trabalho, conduzida de maneira ampla e procurando observar o contexto organizacional e de trabalho, permite identificar e avaliar como as diversas condicionantes tecnológicas, econômicas, organizacionais e sociais afetam o trabalho dentro da empresa e conduz ao estabelecimento do quadro geral de necessidades da organização.

     

    Saiba mais sobre Análise Ergonômica e Triagem Ergonômica.

    Comentários