EPI’s: os capacetes de segurança - AmbientecAmbientec
CANAL DE CONTEÚDO

    EPI’s: os capacetes de segurança

    Confira as melhores maneiras de assegurar a proteção dos colaboradores
    27/11/2018

    Grande parte dos trabalhadores de uma empresa estão expostos, ou correm riscos diários, de sofrerem algum tipo de acidente. Para retificar possíveis desvios, as Normas Regulamentadoras (NR’s), em voga para todas as empresas de caráter público ou privado, ditam regras pré-estabelecidas com o intuito de certificar a segurança e saúdes física e emocional dos colaboradores. Em especial, a NR6, está diretamente relacionada ao uso dos equipamentos de proteção individual – ou, como jargão comumente utilizado, EPI’s -, que, por obrigatoriedade, devem ser concedidos pelas empresas aos funcionários.

     

    Levando em conta os aspectos mencionados, um dos ramos que podem ser citados e que oferecem algum tipo de risco aos trabalhadores, é o da construção civil. Nesse caso, os colaboradores devem estar equipados com capacetes e cintos de segurança, anexados a um talabarte (gancho de conexão com o ponto de ancoragem). Os capacetes são EPI’s multifuncionais, que reforçam a proteção de outras partes do corpo, como o rosto.

     

    Para maior efetividade, os EPI’s devem ser utilizados corretamente, seguindo algumas recomendações: os capacetes têm de estar com a aba sempre virada para frente, com o intuito de proteger o rosto do funcionário; em locais muito altos e com frequente incidência de ventos fortes, o capacete deve vir acoplado a uma faixa que perpassa pela jugular, assegurando a firmeza do equipamento na cabeça; o EPI não deve ser usado junto a quaisquer outros apetrechos para a cabeça, como bonés e toucas.

     

    Os equipamentos de proteção individual são escolhidos com base na análise prévia do local de trabalho junto à identificação dos possíveis riscos, sendo eles de natureza física, química, biológica, etc. Posteriormente, os empregadores devem fornecer tais EPI’s aos funcionários, verificando, por meio de monitorias exercidas pelos profissionais de segurança, o bom estado de conservação dos equipamentos. Assim, para oficializar as entregar dos EPI’s, o fichamento do aparato de segurança deve ser feito mensalmente, para que todas as entregas sejam fiscalizadas, e para que a quantidade de utensílios seja condizente com a de funcionários.

    Comentários