Em Campo Grande-MS, Bombeiros intensificam fiscalização em empresas e lojas quanto à exigências de segurança, entre elas de Combate a Incêndio - AmbientecAmbientec
CANAL DE CONTEÚDO

    Em Campo Grande-MS, Bombeiros intensificam fiscalização em empresas e lojas quanto à exigências de segurança, entre elas de Combate a Incêndio

    Cerca de 299 estabelecimentos foram vistoriados e 216 notificados por falta de cumprimento a itens básicos de segurança e combate a incêndio.
    29/06/2016

    A prevenção é a palavra chave quando se trata de segurança e saúde no trabalho, e nada mais é que o conjunto de medidas que visam evitar que os acidentes surjam, mas não havendo essa possibilidade, que sejam mantidos sob controle, evitando a propagação e facilitando o combate ao incêndio, no caso de focos de fogo. A prevenção pode ser alcançada por diversas formas:

    • atividades educativas como palestras e cursos nas escolas, empresas, prédios residenciais;
    • divulgação pelos meios de comunicação;
    • elaboração de normas e leis que obriguem a aprovação de projetos de proteção contra incêndios, instalação dos equipamentos, testes e manutenção adequados;
    • formação, treinamento e exercícios práticos de brigadas de incêndio.
    NORMAS RELATIVAS A PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS
    • NBR 10897 – Proteção contra Incêndio por Chuveiro Automático;
    • NBR 10898 – Sistemas de Iluminação de Emergência;
    • NBR 11742 – Porta Corta-fogo para Saída de Emergência;
    • NBR 12615 – Sistema de Combate a Incêndio por Espuma.
    • NBR 12692 – Inspeção, Manutenção e Recarga em Extintores de Incêndio;
    • NBR 12693 – Sistemas de Proteção por Extintores de Incêndio;
    • NBR 13434: Sinalização de Segurança contra Incêndio e Pânico – Formas, Dimensões e cores;
    • NBR 13435: Sinalização de Segurança contra Incêndio e Pânico;
    • NBR 13437: Símbolos Gráficos para Sinalização contra Incêndio e Pânico;
    • NBR 13523 – Instalações Prediais de Gás Liquefeito de Petróleo;
    • NBR 13714 – Instalação Hidráulica Contra Incêndio, sob comando.
    • NBR 13714: Instalações Hidráulicas contra Incêndio, sob comando, por Hidrantes e Mangotinhos;
    • NBR 13932- Instalações Internas de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) – Projeto e Execução;
    • NBR 14039 – Instalações Elétricas de Alta Tensão
    • NBR 14276: Programa de brigada de incêndio;
    • NBR 14349: União para mangueira de incêndio – Requisitos e métodos de ensaio
    • NBR 5410 – Sistema Elétrico.
    • NBR 5419 – Proteção Contra Descargas Elétricas Atmosféricas;
    • NBR 5419 – Sistema de Proteção Contra Descangas Atmosférias (Pára-raios.)
    • NBR 9077 – Saídas de Emergência em Edificações;
    • NBR 9441 – Sistemas de Detecção e Alarme de Incêndio;
    • NR 23, da Portaria 3214 do Ministério do Trabalho: Proteção Contra Incêndio para Locais de Trabalho;
    • NR 23, da Portaria 3214 do Ministério do Trabalho: Proteção Contra Incêndio para Locais de Trabalho.
    PROJETO DE PREVEÇÃO DE INCÊNDIOS

     

    O projeto de proteção contra incêndios deve nascer juntamente com o projeto de arquitetura do local, levando em conta as distâncias para serem alcançadas as saídas, as escadas (resistência ao fogo), a combustibilidade e a resistência ao fogo das estruturas e materiais de acabamento, a vedação de aberturas entre pavimentos, as barreiras para evitar propagação de um compartimento a outro, o controle da carga incêndio e a localização dos demais sistemas contra incêndios.

     

    IMG_6288
    Os riscos considerados são chamados de “A”, “B” e “C”, ou seja leve, médio e pesado que são determinados com base na “Tarifa Seguro Incêndio” do Instituto de Resseguros do Brasil. Existe um índice de ocupações que indicam uma rubrica e sub rubrica, de acordo com a rubrica é determinado o risco: até 2 risco “A”, 3 a 6 risco “B”, 7 a 13 risco “C”.

     

    EXIGÊNCIAS COMPLEMENTARES POSSÍVEIS
    • pessoal treinado no uso dos equipamentos;
    • instalação de hidrantes públicos de coluna em loteamentos;
    • análise de locais de diversões públicas e reuniões públicas;
    • credenciamento pelo Corpo de Bombeiros para empresas do ramo de fabricação, inspeção e recarga de extintores de incêndio;
    • atribui Poder de Polícia ao Corpo de Bombeiros para fiscalização das edificações;
    • “Comissão Executiva de Segurança” para examinar, aprovar, vistoriar e interditar prédios antigos, com vistas à proteção.

     

    Para mais informações assista a reportagem do G1.

     

    Para saber sobre nossos cursos à distância de Brigada de Incêndio clique aqui.

    Comentários