Acidentes de trabalho: como diminuir? - AmbientecAmbientec
CANAL DE CONTEÚDO

    Acidentes de trabalho: como diminuir?

    Uma das grandes preocupações do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) é a quantidade de acidentes de trabalho que o país enfrenta.
    12/01/2017

    Em 2015, o país teve 613 mil acidentes de trabalho, com 2.502 mortes. Entre as profissões, a maior quantidade de acidentes típicos se concentrou nos grupos “trabalhadores dos serviços”, que abrange atividades domésticas, de hotelaria, alimentação, beleza e segurança, entre outras, conforme o Código Brasileiro de Ocupações (CBO), com 15,93% do total, e “trabalhadores de funções transversais (15,84%). Esse setor inclui, entre outras funções, supervisores em embalagem e etiquetagem, operadores de robôs, condutores de veículos, operadores de movimentação de cargas e alimentadores de produção.

     

    Já por setor de atividade, a indústria respondeu por 41,09% dos acidentes registrados com CAT e os serviços, por 55,69%. A agropecuária concentrou 3,23%. Nas doenças de trabalho, o subsetor “atividades financeiras” teve participação de 19,38% e o segmento comércio/reparação de veículos automotores, de 9,21%.

     

    Assim, pode-se afirmar, com base nos dados levantados ao longo do ano de 2015, o país está longe de atingir bons índices relacionados à saúde, segurança e bem-estar do trabalhador brasileiro. Uma das medidas tomadas pelo governo foi com a veiculação da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho, que teve como objetivo alertar para o risco dos colaboradores de não usarem os equipamentos obrigatórios e não seguirem as regras de segurança recomendadas.

     

    Seguida da campanha, fiscais do Ministério do Trabalho realizaram 26.378 fiscalizações somente nos 3 primeiros meses de 2015, atingindo mais de três milhões de trabalhadores. O resultado foi a autuação de 25.902 empresas, com o embargo ou interdição de 1.108 delas. Mesmo assim, o total de acidentes continua superando a casa dos 700.000, segundo os dados mais recentes.

     

    Foto_2_filtro (1280x852)

     

    Causas dos acidentes de trabalho no Brasil

    São vários os motivos causadores de acidentes de trabalho no país. Os principais são:

     

    • Não utilizar o Equipamento de Proteção Individual (EPI), que é obrigatório;
    • Falhas de instrução do trabalhador (não mostrar como determinado equipamento funciona);
    • Falta de conhecimento sobre segurança no trabalho e sobre a manipulação dos equipamentos;
    • Imprudência por parte dos trabalhadores em ambientes perigosos;
    • Negligência ou ausência de fiscalização do ambiente de trabalho;
    • Falha no cumprimento de leis trabalhistas por parte das empresas;
    • Negligência com relação aos direitos dos trabalhadores;
    • Maquinários velhos e obsoletos, que não substituídos por equipamentos novos.

     

    Dentro desses itens, há diversos comportamentos dos trabalhadores que podem colocar a segurança em risco, excesso de horas trabalhadas, falta de conhecimento sobre a atividade a ser executada ou ao maquinário a ser operado, distrações como conversas paralela, problemas pessoais ou discussões entre a equipe.

     

    Como evitar os acidentes de trabalho

     

    Para evitar os acidentes de trabalho, a melhor atitude é investir na prevenção. As empresas devem oferecer equipamentos adequados e novos aos trabalhadores, que os protejam.

     

    É importante lembrar também que a legislação em vigor fiscaliza e obriga as empresas a oferecerem um local de trabalho saudável e seguro para seus colaboradores. Se necessário, a empresa deve utilizar de advertências, suspensão e até demitir o funcionário que não utilizar os equipamentos obrigatórios.

     

    Além disso, a empresa deve sempre comunicar quando houver acidentes menores, que causam lesões, como prensamento de dedos, lesões devido ao trânsito entre os equipamentos, arranhões em superfícies ásperas etc.

     


    Para saber mais como a Ambientec pode ajudar a sua empresa a eliminar acidentes no trabalho, clique aqui.

    Comentários